No caminho pra casa

No caminho para casa hoje, eu conversava com um amigo. Falávamos sobre filmes água-com-açúcar e a necessidade de se assistir uma série deles de vez em quando, pelo bem do exercício da alteridade e da flexibilização do olhar. Era uma prática saudável pra se libertar de preconceitos, ele me disse. Em contrapartida, contei pra ele quando foi que comecei a assistir – e apreciar – filmes com Jude Law, Cameron Diaz e Owen Wilson. É aquela coisa do filme como um espelho para a reflexão – qualquer película é boa o bastante se sabemos olhar por e através dela. É aquela velha máxima de que o mundo à nossa volta só pode se parecer para nós como nos parecemos a ele.

Me dei conta do quanto é bom e útil lembrar dessas coisas óbvias que a gente faz questão de esquecer de vez em quando. E do quanto é legal ter gente pra te ajudar nisso.